Carregando o conteúdo… O carregamento depende da velocidade da sua Internet!

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Filter by Categories
Astrologia
Bazar
cinema
Coleções
comportamento
Culinária
Datas comemorativas
Depoimentos
Dicas
Férias
homens
Hudson
inverno
Jornal
Mães
Maternidade
moda
Música
Na Mídia
Noivas
Novidades
Papo calcinha
Pijamas quentinhos
Preços baixos
Promoções
Saúde
Sem categoria
Sustentabilidade
Tendências
Turismo
Utilidade Pública
variedades
Verão
Viagens
Vossa Alteza
Minha Sacola (0)
Cândida: afinal, quem nunca?

Quem nunca sofreu com o desconforto causado pela cândida? Sim, por mais que seja incômodo, é preciso falar sobre esse assunto. Afinal de contas, quem nunca? A candida é uma infecção muito comum entre as mulheres e não deve ser tratada como um tabu. Neste artigo falaremos um pouco sobre os sintomas da candidíase e sobre alguns cuidados importantes.

A candidíase é uma infecção ginecológica que segundo estudos, atinge três entre quatro mulheres. Você sabe por quê? Ela é causada pelo fungo Candida albicans que já existe naturalmente na nossa flora biológica. Quando o nosso organismo se desestabiliza gerando baixa imunidade, ocorre uma proliferação descontrolada desse fungo que é uma espécie de micose que causa uma inflamação na vagina e também na vulva (região externa da vagina). Sendo assim, a cândida é uma doença que aparece de forma oportuna.

Os principais sintomas da candidíase são a irritação, ardor, corrimentos, coceira frequente e inchaço nas região da vagina. Se você já sofreu ou está sofrendo com a cândida, não há do que se envergonhar! É algo extremamente normal, apenas precisamos manter precauções para tratá-la corretamente. Compartilhamos aqui alguns desses cuidados:

1- Calcinhas de algodão

A nossa primeira recomendação é priorizar o uso de calcinhas 100% algodão. Além de serem mais confortáveis, elas são as mais indicadas para a pele sensível da nossa região íntima.

2 – Evitar biquíni molhado

Evite ficar muito tempo usando o biquíni ou maiô molhado no clube ou na praia. Esse pode ser um gatilho para a proliferação de fungos e bactérias na região íntima.

3 – Higienização correta

A melhor forma para prevenir a candidíase vaginal é fazer a higiene na região da vulva (nunca dentro da vagina!) com sabonetes de pH neutro, pois são os mais indicados para evitar qualquer irritação na pele.

4 –  Evitar lingeries e roupas muito justas

Evite o uso de calcinhas muito apertadas e roupas justas. Elas podem causar um desconforto maior e ainda prejudicar mais a área do corpo afetada pela infecção e sintomas da cândida.

5 – Tratamento

Caso identifique qualquer sintoma, procure imediatamente uma médica ginecologista. Ela a examinará corretamente e indicará o tratamento adequado, com o uso de medicamentos próprios. 

O ideal é sempre ficarmos atentas á esses cuidados. Como falamos anteriormente, em caso de qualquer suspeita não deixe de se consultar com um ginecologista. Acompanhe nosso blog para mais dicas da categoria saúde, life style e dicas. Toda semana temos um conteúdo especial dedicado á você. 😉

Até a próxima!

Água Fresca Lingerie.

Deixe um comentário