Carregando o conteúdo… O carregamento depende da velocidade da sua Internet!

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Filter by Categories
ação social
Astrologia
Bate-papo
Bazar
Beleza
Carreiras
cinema
Coleções
comportamento
Culinária
Datas comemorativas
Depoimentos
Dicas
Férias
Festivais
homens
Hudson
inverno
Jornal
Mães
Maternidade
moda
Música
Na Mídia
Noivas
Novidades
Papo calcinha
Pijamas quentinhos
Preços baixos
Promoções
Saúde
Sem categoria
Sustentabilidade
Tendências
Turismo
Utilidade Pública
variedades
Verão
Viagens
Vossa Alteza
Minha Sacola (0)
A liberdade de ser mulher

Ser mulher neste mundo tão hostil é, muitas vezes, difícil. Desconstruir costumes misóginos e retrógrados é um grande desafio, mas é uma prática da qual não podemos nos cansar. Ser uma mulher livre é isso: buscar engrandecer nossa liberdade para nos livrar de amarras que nos silenciam, seja na nossa luta ou no nosso prazer. Vamos colocar esse sentimento peito afora e dar as mãos umas às outras?

Uma das coisas mais belas que pude presenciar nos últimos tempos foi o movimento de mulheres unidas por ideais comuns. O canto à liberdade e ao amor nesta comunhão não é apenas um ato político, mas sim uma união que arremata propósitos, sendo poético e histórico. Fazer parte disso não é apenas ver a história acontecer na nossa frente, mas fazer parte dela. E quando se fala nesse assunto, move-se uma legião de mulheres fortes que descobriram ter poder para ser e fazer o que quiser.

 

 

Negar que precisamos ser livres, negar nossa essência e nossos instintos é acabar se deixando sucumbir a hambre de alma, como afirma no livro Mulheres que correm com os lobos.  A alma feminina precisa de liberdade. Nossas almas não podem mais sentir fome. É preciso buscar por liberdade! Sim! Precisamos seguir nossa intuição que é muitas vezes infalível e buscar pelo o que o nosso coração chama.

 

 

Se você ama criar, pintar, cantar, dançar e sente sua alma e seu peito abarrotado de felicidade por fazer-los, vá em frente! Se você se inspira em ensinar o próximo, se sente realizada e recompensada em instruir, esse pode ser o caminho que você tanto buscou porém não conseguiu entender antes. Ser autônoma é deixar seus sentimentos falarem mais alto e ir em busca da felicidade. Chegar a essa altura é compensador, e quando entendemos o quão importante é ter a liberdade de escolher sermos o que quisermos, nos certificamos que não faz sentido nos prender e nos silenciar.

 

 

Sabemos que muitas de nós temos histórias, vidas e rotinas diferentes. Busque apoiar e dar as mãos para as mulheres que, mesmo com escolhas diferentes das suas, precisam de um apoio.

E se você sentir que precisa desconstruir padrões e paradigmas, vá em frente! Afinal, você não está sozinha nessa 😉

Lembre-se: quando se sentir livre, feliz e cheia de coragem dê as mãos para outras mulheres à sua volta. Esse sentimento de grandeza será ainda maior quando prospectamos ainda mais essa linda revolução <3

Água Fresca Lingerie

 

 

Deixe um comentário